Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Wonderlander

Wonderlander

As minhas páginas de viagens

FB_IMG_1500806938236.jpg

 

   Ao contrário da maior parte dos jovens da minha idade que as mães estão constantemente: Manelito quase nunca te vejo em casa!

 

   A minha proclama em alto e bom som que eu tenho de sair mais. ( é que nunca se esta satisfeito com nada). A razão disto tudo são os ... (Suspense inexistente com tambores e a banda sonora do tubarão)

 

LIVROS

 

   Isto começou tudo com uns livros do Harry Potter e a minha primeira trip a Hogwarts com os meus BFF literários 😂 para dar um vislumbre sobre quem são um tem um cicatriz na testa, outra, a mais brilhante feiticeira sua idade e um ginger fofo ( esta saga continua a ser uma obsessão e eu contínuo à espera da minha carta, mas presumo que tenha sido entregue à responsabilidade do errol e se tenha extraviado).

   Tive a minha dose de vampiros em Forks, assisti ao casamento do Edward e da Bella, ao nascimento da Renesmee e a imprithing do Jacob.

Conheci o mundo das irmãs Brontë e as suas histórias de amor conturbado.

 

   Já passei pelos corredores de Harvard e estive nas salas de Oxford, ri-me com os Bennets e quis um Mr.Darcy para mim, tive conflitos interiores com a Emma e não consigo perceber a Lady Susan, consegui sair do Maze com o Thomas, chorei na saga divergente e nos livros do Nicholas Sparks, dividi preocupações com a Kamryn sobre a Tegan e achei-a super corajosa por cuidar da filha da sua melhor amiga, estive fechada no anexo com a minha amiga Anne e fiz viagens de comboio com a Rachel, estive no rio das afogadas entrei no quarto vermelho do Christian mas corri de lá para fora, entrei no guarda-roupa e esperei que mais uma vez o Aslan ajudasse a salvar Nárnia, voei com o Peter e com os outros meninos perdidos na Terra do Nunca, sobrevoei Londres e acredito em fadas, vi muitos passarem pelo trono de ferro em Westeros e nos jogos da fome, assisti à batalha de Culloden na Escócia e chorei quando a Claire tem de deixar o Jamie, agarrei na mão da Hazel na despedida do Gus e acho que vejo semelhanças entre mim e a Margo, escrevo fanfics com a Cath na universidade, consegui escapar do sótão e não os esqueci, e ao fim deste tempo todo ainda quero uma lua suspensa no teto do meu quarto como a Joana.

 

                                                   Ó mãe, ainda achas que estou sempre em casa?

10 comentários

Comentar post